Última hora

Última hora

Sarkozy é "alvo a abater" pelos socialistas em 2007

Em leitura:

Sarkozy é "alvo a abater" pelos socialistas em 2007

Tamanho do texto Aa Aa

O encontro dos Socialistas franceses a decorrer em Lens, en Pas-de-Calais, deveria servir para saber qual será o melhor candidato do partido às eleições presidenciais do ano que vem. Mas nesta altura, nada é ainda claro. Todos os candidatos potenciais estão lá, mas é entre Segolène Royal, Lionel Jospin e Laurent Fabius que a rivalidade é maior.

Royal foi a primeira a mostrar-se disponível para uma eventual candidatura e diz que “ 2007 será o ano da confrontação entre duas visões para a França, duas concepções diferentes de exercer o poder, com a solidariedade de um lado e brutalidade do outro”.

Segolène Royal disse ainda que é preciso combater a “tendência forte para a subida da extrema-direita no poder”, numa alusão à perda de um lugar na segunda volta das eleições de há quatro anos, protagonizada por Lionel Jospin. Jospin diz que pode não haver ainda grandes expectativas quanto ao futuro mas acredita que “não basta ter uma opinião, é preciso propor uma verdadeira política de esquerda”.

Por isso, os socialistas franceses estão a tentar encontrar pontos em comum. Um outro potencial candidato, Laurent Fabius, diz que “Nicolas Sarkozy é um homem perigoso mas agora é ainda mais perigoso pois conseguiu meios financeiros e mediáticos significativos”. A luta contra o candidato potencial da direita, Nicolas Sarkozy, é talvez a única coisa em que os socialistas estão de acordo. A divulgação do candidato oficial do partido deverá ser feita só em Novembro.