Última hora

Última hora

Terramoto na liderança da Telecom Italia

Em leitura:

Terramoto na liderança da Telecom Italia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente Marco Tronchetti Provera demitiu-se, provocando a surpresa em pleno conselho de administração do maior grupo italiano de telecomunicações. O sucessor é Guido Rossi, ex-presidente da empresa em 1997 aquando da privatização da Telecom Italia e actual comissário da Federação italiana de Futebol.

Para Guglielmo Epifani, secretário-geral da CGIL, tudo não passa de uma manobra teatral, pois Guido Rossi já foi presidente da Telecom Italia e agora regressa à direcção, mas o problema económico e financeiro do grupo permanece.

Tronchetti sai após uma semana de tensão com o governo Prodi, que contestava, tal como os sindicatos, a estratégica do grupo de se separar da companhia de telemóveis TIM e de parte da rede fixa. O novo presidente já afirmou que vai prosseguir com a reorganização do maior empregador italiano mas que não tem margem de manobra financeira face à dívida superior a 41 mil milhões de euros.