Última hora

Última hora

Esquerda mexicana proclama Lopez Obrador "presidente legítimo" do país

Em leitura:

Esquerda mexicana proclama Lopez Obrador "presidente legítimo" do país

Tamanho do texto Aa Aa

Ameaçam ser difíceis os próximos meses no México. Num gesto simbólico, a Convenção Democrática Nacional nomeou Andrés Manuel Lopez Obrador presidente legítimo do país e marcou a tomada de posse para 20 de Novembro. Mas dias depois terá lugar a investidura de Felipe Canderón, declarado vencedor oficial das eleições presidenciais de Junho.

Lopez Obrador, de esquerda, viu rejeitados todos os seus recursos para anular o escrutínio, que diz ter sido fraudulento. Não aceita os resultados e ontem juntou mais de um milhão de pessoas no centro da capital mexicana para obter apoio à nomeação de governo sombra para desafiar a administração do rival de direita. Antes pôs fim aos protestos de rua que bloqueavam a capital há meses, acima de tudo para permitir o desfile militar do dia da independência, celebrado ontem.