Última hora

Última hora

Religiosa católica assassinada na Somália

Em leitura:

Religiosa católica assassinada na Somália

Tamanho do texto Aa Aa

Uma religiosa católica foi assassinada na Somália, um crime que poderá estar ligado à tensão crescente nos paises islâmicos contra o Papa Bento XVI. Dois homens foram já presos e acusados do homícido da irmã Leonela e de um guarda. A freira de 70 anos foi baleada no hospital para crianças no Mogadíscio onde colaborava tendo morrido na sala de operações. O Vaticano considerou através do porta-voz do gabinete de imprensa “este acto horrível” mas espera que seja um caso isolado. Ontem, o chefe religioso da capital somali exortou os muçulmanos a vingarem-se das palavras do Papa.