Última hora

Última hora

Derrota leva Persson a demitir-se da liderança dos sociais-democratas

Em leitura:

Derrota leva Persson a demitir-se da liderança dos sociais-democratas

Tamanho do texto Aa Aa

Primeira baixa política após as legislativas suecas. O primeiro-ministro cessante, Goran Persson, reconheceu a derrota eleitoral dos sociais-democratas e anunciou a sua demissão da liderança do partido. Persson, 57 anos – dez dos quais passados no poder -, afirmou que vai apresentar hoje a demissão do executivo ao parlamento. Quanto a um regresso garante que não será para ele, pois pretende convocar um congresso extraordinário para o mês de Março, para eleger o sucessor partidário.

A noite foi difícil para os sociais-democratas, que estavam no poder desde 1994 mas governaram a Suécia durante seis das últimas sete décadas. Agora estarão na oposição.