Última hora

Última hora

Militares aliviam tensão em Banguecoque

Em leitura:

Militares aliviam tensão em Banguecoque

Tamanho do texto Aa Aa

Dois dias depois do golpe de Estado na Tailândia, a presença militar continua nas ruas de Banguecoque, mas é agora menor. Apenas nos pontos mais sensíveis é possível ver blindados. Após um dia encerrada, a principal bolsa tailandesa reabriu em queda vertiginosa. Começou a perder 4% mas depois estabilizou em baixa nos 2%. O líder do golpe, o general Sonthi Boonyaratglin, convocou uma conferência de imprensa para pedir aos jornalistas que deixem de publicar opiniões pessoais dos cidadãos. A organização Repórteres Sem Fronteiras demonstrou preocupação pela declaração do militar.

O líder deposto, Thaksin Shinawatra, encontra-se em Londres. Os militares anunciaram que é livre de regressar ao país, apesar de já ter pendentes inúmeras queixas judiciais, incluindo as de fraude eleitoral.