Última hora

Última hora

Bento XVI recebe embaixador de países islâmicos

Em leitura:

Bento XVI recebe embaixador de países islâmicos

Tamanho do texto Aa Aa

Num gesto inédito, o papa Bento XVI recebeu embaixadores de 22 países islâmicos com o objectivo de atenuar a polémica suscitada com as suas palavras a propósito do Islão e da violência. O encontro decorreu na residência estival do Sumo Pontífice, em Castel Gandolfo, nos arredores de Roma e contou também com a presença de vários representantes islâmicos em Itália.

O Papa reafirmou a necessidade de existir um diálogo intereligioso. “ Estou profundamente convencido que na actual situação mundial é imperativo que cristãos e muçulmanos se envolvam mutuamente para se debruçarem sobre os inúmeros desafios que a humanidade enfrenta, especialmente aqueles que defendem e promovem a dignidade do ser humano e os direitos que daí advêm”, anunciou Bento XVI.

Entre os diplomatas presentes encontravam-se os embaixadores de países como a Indonésia, o Egipto, o Paquistão, a Turquia e o Irão entre outros. Albert Yelda, o embaixador do Iraque, que é cristão, aceitou comentar as palavras de Bento XVI. “O Santo Padre enfatizou mais uma vez o seu profundo respeito pelos muçulmanos de todo o mundo e pelo Islão. Ele pediu para estabelecermos pontes e para nos respeitarmos mutuamente”, referiu Yelda.