Última hora

Última hora

Alegada "gafe" da mulher ensombra discurso de Blair

Em leitura:

Alegada "gafe" da mulher ensombra discurso de Blair

Tamanho do texto Aa Aa

Num ambiente manchado por uma alegada afirmação controversa da sua mulher, Tony Blair deve hoje apresentar o último discurso como primeiro-ministro perante os companheiros de partido na conferencia anual dos trabalhistas que decorre em Manchester.

Blair, que tem estado submetido a uma grande contestação interna para se demitir, deverá apelar à união para que o Labour consiga conquistar uma quarta vitória eleitoral consecutiva. A hora é de partida para o dirigente que esteve 12 anos à frente do partido e na calha para a sucessão está Gordon Brown, mas uma alegada “gafe” envolvendo Cherie Blair, a mulher do primeiro-ministro está a gerar controvérsia.

Cherie terá dito ser mentira a seguinte declaração de Brown sobre Tony Blair: “foi um privilégio trabalhar com o mais bem sucedido primeiro-ministro trabalhista.” Alguns analistas dizem que a afirmação de Cherie Blair, entretanto desmentida, pode arruinar a imagem de unidade que os dois dirigentes construíram. Em todo o caso, aguarda-se uma reacção positiva por parte dos conferencistas ao discurso desta tarde de Tony Blair, que se encontra na recta final da sua liderança.