Última hora

Última hora

Japão tem nova equipa económica

Em leitura:

Japão tem nova equipa económica

Tamanho do texto Aa Aa

Koji Omi, ministro das Finanças, Akira Amari, ministro da Economia e Comércio, e Hiroko Ota, secretária de Estado do Orçamento, são os novos regentes da economia jaopnesa. Com a chegada do novo primeiro-ministro Shinzo Abe, muda também a equipa económica. Desta vez, a aposta foi na experiência. Omi tem 73 anos e presidiu já à extinta Agência de Planeamento Económico.

Quanto às políticas a seguir, Omi não promete nada – diz que “a eventual subida dos impostos vai depender do orçamento para este ano e das políticas de segurança social e a decisão só vai ser tomada no Outono do próximo ano”.

A economia japonesa, que tem as indústrias automóvel e tecnológica como principais activos, está a recuperar de uma crise. O novo chefe do executivo já anunciou que vai prosseguir as reformas iniciadas pelo predecessor, Junichiro Koizumi. A primeira medida anunciada foi cortar os salários dos próprios governantes.

Na bolsa de Tóquio, as nomeações foram recebidas com alguma apreensão, uma vez que os mercados esperavam nomes mais sonantes para as pastas económicas. O índice Nikkei fechou a caír 0,5%.