Última hora

Última hora

Putin endurece discurso sobre petrolíferas estrangeiras

Em leitura:

Putin endurece discurso sobre petrolíferas estrangeiras

Tamanho do texto Aa Aa

As empresas petrolíferas estrangeiras presentes na Rússia estão na mira do Kremlin. O presidente Vladimir Putin pediu ao governo que tomasse medidas contra as empresas que não cumprem os contratos. O presidente evocou questões ecológicas para estas medidas, durante o encontro que teve com o ministro dos Recursos Naturais, Iuri Trutnev. Disse Putin, “conto com o sr. ministro e com o governo para tomar medidas contra as companhias que não trabalham de forma consciente e não preenchem as condições dos acordos de licenciamento”.

Estas declarações seguem-se aos problemas vividos por duas grandes empresas ocidentais, a Shell e a Exxon-Mobil, a quem o governo russo colocou entraves em projectos que desenvolvem na ilha de Sacalina, no extremo oriente do país. Entretanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, deitou alguma água na fervura ao afirmar que o país não tem qualquer intenção de afastar os grupos estrangeiros do sector energético, nem rever contratos entre grupos russos e estrangeiros.