Última hora

Última hora

Alemanha: cresce a economia baixa o desemprego

Em leitura:

Alemanha: cresce a economia baixa o desemprego

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprgo baixa na Alemanha graças à retoma económica. A taxa de desemprego desceu dos 10,5% em Agosto para os 10,1% em Setembro. Nos dados sazonais houve menos 17 mil pessoas à procura de emprego no mês de Setembro do que no mês precedente. Em termos brutos, sem variações sazonais ou ajustes de calendário, o número de desempregados foi reduzido em 134 mil de Agosto para Setembro.

No mesmo período do ano passado, o desemprego atingia na Alemanha os 11,2%.

A evolução do mercado de trabalho está intimamente relacionada com a retoma económica e com o aumento da confiança dos consumidores, a maior de sempre desde a reunificação em 1990.

Klaus Wuebbenhorst do instituo GFK que elaborou um estudo sobre o consumo explica:
“O Iva vai aumentar 3% em Janeiro e os alemães têm mais propensão para comprar agora os bens mais caros. Compram carros, aparelhos electrónicos e coisas como essas”.

De acordo com este estudo, o índice de confiança dos consumidores alemães cresceu em Setembro 8,6% e subirá para os 8,8% em Outubro.

Sinais positivos, apesar da anunciada subida do Imposto sobre o Valor Acrescentado.