Última hora

Em leitura:

As razões da ruptura


mundo

As razões da ruptura

Mikail Saakachvili traçou como destino do país a União Europeia e a NATO. A Rússia não vê com bom olhos a fuga de mais uma parte do território da ex-URSS da sua esfera de influência. Contudo, o principal foco de tensão quotidiano reside nas repúblicas separatistas da Abkasia e da Ossétia do Norte. Saakashvili esteve hoje numa parte da Abkasia reconquistada este Verão e afirmou pretender o regresso do território à soberania georgiana “por meios pacíficos”.

A Abkasia e a Ossétia do Norte separaram-se no início da década passada e pretendem a independência ou a integração na Federação Russa, o que Saakashvili rejeita. Além das questões estratégicas, nomeadamente o acesso ao Mar Negro, o presidente clama pela integridade regional.

A tensão com a Russia é agravada pelo facto de Moscovo atribuir passaportes aos habitantes das repúblicas separatistas e pelos repetidos incidentes. Como os disparos efectuados contra o helicóptero que transportava Saakachvili quando sobrevoava uma parte da Ossétia do Sul no início do mês.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Francofonia reúne-se em Burareste