Última hora

Última hora

Exército libanês recupera controlo do sul do país

Em leitura:

Exército libanês recupera controlo do sul do país

Tamanho do texto Aa Aa

O exército libanês retomou esta manhã o controlo de quase todo o sul do Líbano. Desde há quarenta anos que a região fronteiriça era um bastião da guerrilha do Hezbollah utilizada como plataforma de lançamento de mísseis Khassam sobre Israel.

A mobilização dos militares libaneses deccorre à luz da resolução 1701 da ONU. Os soldados libaneses, assistidos pelas forças internacionais da FINUL, serão os únicos na região a poderem utilizar a força para desarmar as milícias ou contra-atacar uma eventual acção israelita.

A mobilização ocorre menos de 24 horas após a partida dos militares israelitas que em Julho tinham ultrapassado a chamada “linha azul” que divide Israel do Líbano. O Tsahal deverá no entanto manter-se na cidade dividida de Ghajar junto ao sector sírio dos montes Golã, ocupado por Israel desde 1981.

Para o presidente pró-sírio do Líbano, Emile Lahoud esta é uma das muitas questões em aberto como a retirada israelita das quintas de Sheeba, ou a libertação de prisioneiros libaneses detidos em Israel, exigidas pela resolução 1701. A mobilização dos militares libaneses representa um acto meramente simbólico. Mal equipados e mal treinados a maioria desconhece a região onde permanecem milícias do Hezbollah. Uma situação explosiva agravada pela falta de mandato da FINUL para utilizar a força em caso de reacendimento do conflito.