Última hora

Última hora

Deputados franceses aprovam privatização da Gaz de France

Em leitura:

Deputados franceses aprovam privatização da Gaz de France

Tamanho do texto Aa Aa

Os deputados da Assembleia Nacional francesa deram hoje luz verde ao projecto de privatização da Gaz de France ao aprovarem o projecto de lei sobre a energia. Após três semanas de debates, o projecto foi aprovado pela maioria UMP, no governo, passando a última prova a partir da próxima semana com a votação pelo senado. Sós os trabalhadores do grupo EDF/GDF pareciam ainda ter esperanças de parar o processo de privatização. Esta terça-feira vieram de toda a França até à cidade de Paris para se manifestarem uma vez mais contra a intenção do governo.

A GDF realiza anualmente um volume de negócios de 18 mil milhões de euros, serve 11 milhões de clientes e emprega 53 mil funcionários.

Os trabalhadores vêm na privatização um risco para os seus direitos e para os postos de trabalho, tanto mais que a privatização da empresa pública do gás vai abrir o caminho para a tão polémica fusão com o grupo belga Suez.

O negócio está ainda longe da conclusão. A Bélgica tem manifestado preocupação com a fusão por causa da competição no seu próprio mercado. O presidente francês, Jacques Chirac, falou na semana passada com o primeiro-ministro belga, Guy Verhofstadt, para o tranquilizar.

A acompanhar de perto o assunto está também a Comissão Europeia, cujo parecer deverá ser emitido no final do mês de Novembro.