Última hora

Última hora

Pirata do ar queria fugir ao castigo militar

Em leitura:

Pirata do ar queria fugir ao castigo militar

Tamanho do texto Aa Aa

Agia sozinho o pirata do ar que desviou um Boeing 737-400 da Turkish Airways que liga Tirana a Istambul. O homem , um turco convertido ao cristianismo pretendia entregar uma mensagem ao papa. Hakan Ekinci é um desertor cujo pedido de asilo político acabava de ser rejeitado pela Albânia e que corria o risco de ser detido à sua chegada
à Turquia.Expulso e colocado à força no avião para Istambul, conseguiu fazer crer na presença a bordo de um outro pirata do ar.
O avião que tinha a bordo 107 passageiros e seis membros da tripulação foi desviado quando sobrevoava a Grécia o pirata do ar pediu para ir para Roma. Quatro caças F-16 gregos escoltaram o avião até à fronteira albanesa e depois foi interceptado por dois caças F-16 italianos que o obrigaram a aterrar no aeroporto de Brindisi cerca das 18:00 locais. O homem rendeu-se depois de um período breve de negociações.