Última hora

Última hora

União Europeia aprova novas taxas ao calçado chinês e vietnamita

Em leitura:

União Europeia aprova novas taxas ao calçado chinês e vietnamita

Tamanho do texto Aa Aa

Os sapatos de fabrico chinês e vietnamita vão ser alvo de novas sobretaxas. Os representantes dos 25 Estados-membros votaram a favor de um novo período de dois anos em que são aplicadas taxas à importação de sapatos de cabedal destes países, para evitar possíveis práticas de dumping, ou seja, venda abaixo do preço de custo. As taxas vão ser de 16,5%, no caso da China, e de 10% no caso do Vietname.

A discussão entre os embaixadores dos Vinte e Cinco junto da União teve como resultado nove votos a favor da medida, onze contra e quatro abstenções, o que fez com que o documento tenha sido aprovado, uma vez que, à falta de maioria, as abstenções contam como votos favoráveis.

Foi uma vitória tangencial dos países, como é o caso de Portugal e da Itália, onde existe uma forte indústria do calçado, contra a corrente defensora do comércio livre, encabeçada pelo Reino Unido e pelos países nórdicos. A Comissão Europeia tinha proposto medidas com a duração de cinco anos, o que acabou por não conseguir.