Última hora

Última hora

Manifestação contra perseguição de georgianos na Rússia

Em leitura:

Manifestação contra perseguição de georgianos na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Contra a perseguição de cidadãos georgianos na Rússia foi o principal motivo do protesto de centenas de pessoas no centro de Moscovo. A associação do nazismo com o Kremlin e o presidente Vladimir Putin foi uma constante nesta manifestação organizada por Grupos de Defesa dos Direitos Humanos. Algumas pessoas também mostraram indignação pela morte da jornalista russa assassinada ontem. Na origem do clima de tensão entre os 2 países está a detenção de militares russos, acusados de espionagem pela Geórgia.

Vladimir Ryjkov, político liberal, presente no protesto afirmou que “de facto as autoridades georgianas provocaram Moscovo. Foi uma acção que precisava de uma resposta, mas que o Kremlin respondeu de forma claramente inadequada, pois prejudica a própria Rússia.”

Após a detenção dos militares russos na Geórgia, Moscovo retaliou com a expulsão de cidadãos georgianos, sob o pretexto de irregularidades. Da Rússia existem também informações de que o governo pediu às escolas listas com os nomes de crianças com apelidos georgianos.

Moscovo também ordenou a evacuação do seu pessoal diplomático da Geórgia e cortou todas as vias de comunicação, mesmo depois de Tblissi ter libertado os oficiais russos acusados de espionagem.