Última hora

Última hora

Putin repudia morte de Politkovskaya e promete punir responsáveis

Em leitura:

Putin repudia morte de Politkovskaya e promete punir responsáveis

Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin está em Dresden para uma visita oficial de 2 dias à Alemanha. Na cidade onde viveu cinco anos como agente do KGB, o presidente russo foi recebido com acusações de assassino, após a morte de Anna Politkovskaya.

Além do homicídio da jornalista e dos atropelos à liberdade de expressão na Rússia, outros temas em debate foram as aspirações nucleares norte-coreanas, o estreitamento de laços entre a Rússia e a União Europeia e a situação no Médio Oriente. “Quem quer que tenha levado a cabo este crime e independentemente dos motivos que guiaram estas pessoas, temos de esclarecer que foi uma acção horrível e inaceitável que não deve passar impune.

A morte de Anna Politkovskaya causa um prejuízo muito maior à Rússia, à autoridade do Estado russo e à autoridade da República Chechena, sobre a qual ela escreveu nos últimos anos, do que todos os artigos que possa ter publicado”, considerou o presidente Vladimir Putin. O reforço das relações bilaterais esteve na ordem do dia. No campo económico foram assinados diversos acordos comerciais e de investimento. A questão do fornecimento de gás natural russo à Alemanha foi também abordada nesta cimeira.