Última hora

Última hora

Mais um assassinato em Moscovo

Em leitura:

Mais um assassinato em Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

Alexandre Plokhine foi assassinado a tiro, juntando o seu nome à imensa lista de vítimas da violência. Era director de uma secursal do segundo maior banco do país. Alexandre Plokhine foi surpreendido, no elevador do prédio onde morava, na noite de terça-feira, por alguém que lhe deu um tiro na cabeça. Um homicídio indêntico ao da jornalista Anna Politkovskaia, ocorrido há quatro dias.

Há um mês, o número dois do Banco Central da Rússia, Andrei Kozlov, também foi assassinado. Homicídios em série que começam a preocupar as forças policiais. Até agora, ninguém adiantou qualquer explicação para este caso, nem para outros que o antecederam.