Última hora

Última hora

Pyogyang ameaça Washington

Em leitura:

Pyogyang ameaça Washington

Tamanho do texto Aa Aa

“Se houver sanções de grande escala” que incluam um embargo total a Coreia do Norte anunciou que irá considerar isso como uma “declaração de guerra”. O anúncio foi efectuado pela televisão nacional depois das palavras do número dois do regime comunista. Numa entrevista à agência noticiosa japonesa Kyodo, Kim Yong Nam, presidente do Presidium da Assembleia Suprema do Povo disse “Se os Estados Unidos continuarem com a sua atitude hostil e excercerem pressões sobre nós não teremos outra opção senão responder com firmeza”.

A Coreia do Sul pediu à comunidade internacional que envie uma mensagem “clara e firme” ao regime norte-coreano.
Esta manhã o responsável sul coreano do dossiê nuclear declarou que estes testes são “extremamente nefastos tanto para o futuro da Coreia do Norte como para a paz na região”.

A tensão está ao rubro. Uma televisão japonesa anunciou a realização de um segundo teste nuclear pela Coreia do Norte, informação rapidamente desmentida pelo regime. Os responsáveis norte-americanos e japoneses não detectaram actividade sísmica na Coreia do Norte que permita confirmar a realização desse segundo teste.