Última hora

Última hora

Presidente israelita não está preocupado com as acusações de abuso sexual

Em leitura:

Presidente israelita não está preocupado com as acusações de abuso sexual

Tamanho do texto Aa Aa

Nas primeiras declarações desde que a polícia anunciou, no início da semana, que provavelmente irá enfrentar acusações de violação, o presidente de Israel, Moshe Katsav disse que continua a “sorrir” porque conhece a “verdade” dos factos. Uma breve declaração de Katsav na cerimónia de boas vindas ao novo embaixador do Canadá em Israel. Sobre o presidente israelita recaem suspeitas de abusos sexuais, suborno e escutas telefónicas ilegais a funcionários seus.

Mesmo que a acusação formal ainda não tenha sido formulada em Israel já só se fala da sucessão de Katsav. Os candidatos são muitos: uma das possibilidades é o escritor Elie Wiesel, prémio Nobel da Paz em 1986, uma figura independente que não vem do mundo político, mas que tem contra si o facto de não ser cidadão israelita. Weisel vive nos Estados Unidos e tem passaporte norte-americano. A imprensa israelita avança ainda outros nomes possíveis para a presidência, nomeadamente o do vice-primeiro-ministro Shimon Peres ou ainda o do antigo grande rabino de Israel Meir Lau