Última hora

Última hora

Rice pede aplicação plena do embargo contra Pyongyang

Em leitura:

Rice pede aplicação plena do embargo contra Pyongyang

Tamanho do texto Aa Aa

Condoleezza Rice pediu, em Tóquio, à comunidade internacional para aplicar rapidamente as sanções contra Pyongyang, alegando que os Estados Unidos não desejam piorar a crise nuclear norte-coreana. A Secretária de Estado norte-americana declarou que “vai trabalhar com o ministro japonês dos Negócios Estrangeiros e com os outros estados para que seja plenamente aplicada a resolução 1718”. A resolução adoptada sábado por unanimidade pelos membros do Conselho de Segurança da ONU prevê um embargo às “armas e materiais ligados à tecnologia nuclear ou à dos mísseis”, bem como a produtos de luxo.

A resolução foi adoptada depois de a Coreia do Sul ter anunciado, a 09 de Outubro, que tinha efectuado o seu primeiro ensaio nuclear. Referindo-se às sanções norte-americanas impostas a Pyongyang, Rice sublinhou que estas “não são um bloqueio ou um isolamento”.

Condolezza Rice afirmou ainda que os Estados Unidos defenderão o Japão, o grande aliado de Washington na região e onde estão estacionados cerca de 50.000 soldados norte-americanos, face a qualquer ameaça norte-coreana. E ameaças vindas das autoridades norte-coreanas não faltam. Pyongang acusa Seoul de acto de “traição” por juntar-se às sanções internacionais. Esta posição “vai levar as relações intercoreanas a uma prova de força e à guerra.” É o aviso da Coreia do Norte à Coreia do Sul.