Última hora

Última hora

Putin deverá ser alvo de críticas na Cimeira Europeia de Outono

Em leitura:

Putin deverá ser alvo de críticas na Cimeira Europeia de Outono

Tamanho do texto Aa Aa

A Cimeira Europeia de Outono começa este fim-de-semana em Lahti, na Finlândia, com a energia, a imigração e a tecnologia como pano de fundo para três dias de conversações. Quanto à energia, a União vai tentar redefinir estratégias com a Rússia, por isso o presidente Vladimir Putin foi convidado a comparecer. Aliás, será Putin quem vai abrir os trabalhos da Cimeira. Espera-se que tranquilize os receios europeus no que diz respeito ao fornecimento de energia.

O primeiro-ministro do Luxemburgo admite que a Rússia é um parceiro estratégico mas não será por isso que os Estados-membros vão evitar as críticas. É que para além da questão energética, há também a polémica a envolver o assassínio da jornalista russa Anna Politkovskaya, crítica de Vladimir Putin. Oficialmente não se sabe o que se passou mas os 25 garantem que vão mostrar-se preocupados com a liberdade de expressão e as relações do país com antigas repúblicas soviéticas.

No encontro, o problema da imigração clandestina vai ser abordado, com o presidente do governo espanhol a renovar a ideia de uma política comum para controlar os fluxos migratórios com destino ao continente europeu.

Na agenda da reunião, está ainda a inovação tecnológica. Um primeiro projecto é o Instituto Europeu de Tecnologia, uma obra que tem um orçamento previsto para os próximos sete anos de dois mil e 400 milhões de euros.