Última hora

Última hora

Oviedo acolhe laureados com Prémios Príncipe das Astúrias

Em leitura:

Oviedo acolhe laureados com Prémios Príncipe das Astúrias

Tamanho do texto Aa Aa

Felipe de Bourbon e Letízia Ortiz, acompanhados pela Rainha Sofia, presidiram a cerimónia de atribuição dos Prémios Príncipe das Astúrias, título do herdeiro do trono espanhol. Os galardões, instituídos em 1981, confirmaram nesta 26a. edição o facto de se terem transformado numa referência mundial.

O cineasta Pedro Almodovar assumiu-se monáquico por um dia nesta ocasião em que recebeu o galardão consagrado às Artes. No capítulo das Letras, o norte-americano Paul Auster viu reconhecida a sua obra enquanto que no campo das Ciências Sociais, a antiga presidente da Irlanda Mary Robinson foi laureada pelo seu trabalho em prol dos Direitos Humanos. O prémio Comunicação e Humanidades foi conquistado pela National Geographic Society e o da Concórdia foi atribuído à Unicef, o fundo das Nações Unidas para a Infância.

As 1.500 pessoas presentes no teatro Campanor em Oviedo tiveram ainda oportunidade de aplaudir o feito da equipa nacional de basquebol que conquistou o mundial da modalidade este ano e por isso mereceu o galardão destinado ao Desporto. Finalmente, o quadro de honra foi completado com o prémio da Cooperação Internacional, endereçado à Fundação Bill e Melinda Gates