Última hora

Última hora

Hungria celebra 50º aniversário da revolução

Em leitura:

Hungria celebra 50º aniversário da revolução

Tamanho do texto Aa Aa

Com uma crise política como pano de fundo, Budapeste celebra os 50 anos da revolução húngara. O ponto alto das comemorações será na segunda-feira, data do aniversário do início da insurreição contra o regime soviético. O contestado primeiro-ministro, Ferenz Gyursany, marcou presença numa missa ecuménica celebrada hoje na Basílica de Santo Estevão.

O chefe do governo é alvo de fortes críticas por parte da oposição e da população desde que confessou ter mentido para vencer as últimas legislativas.

O ministro da Defesa húngaro inaugurou este domingo uma exposição que integra as comemorações e presta homenagem aos combatentes da revolta de 1956.

O presidente da República, Cavaco Silva, já se encontra em Budapeste para participar nas cerimónias agendadas para amanhã. A seu lado terá o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, e vários dignitários internacionais.