Última hora

Última hora

Ex-presidente executivo da Enron recorre da sentença de 24 anos de prisão

Em leitura:

Ex-presidente executivo da Enron recorre da sentença de 24 anos de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

Jeffrey Skilling, ex-presidente executivo da Enron, vai recorrer da sentença do tribunal de Houston, no Texas, que o condenou a 24 e meio de prisão, pela sua responsabilidade na falência do gigante americano de energia. Skilling, em prisão domiciliária até convocação dos serviços prisionais, disse, à saída do tribunal, que está inocente, que confia na justiça, que espera que tudo acabe bem e que as pessoas possam ver tudo com mais tranquilidade, o que não ocorreu nos últimos cinco anos.

Jeffrey Skilling, 52 anos, compareceu sozinho, depois da morte em Julho de Kenneth Lay. Em Maio tinham sido declarados culpados de 19 crimes, entre eles fraude, conspiração e perjúrio. Os dois homens estiveram no centro do escândalo da falência da Enron, em 2001. Foi a maior falência da história americana.

Milhares de funcionários perderam milhões de dólares investidos no fundo de pensões da empresa. Skilling terá agora de pagar 45 milhões de dólares às vítimas.