Última hora

Última hora

Ex-responsável da Enron condenado a 24 anos de prisão

Em leitura:

Ex-responsável da Enron condenado a 24 anos de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal de Houston condenou esta segunda-feira o antigo presidente executivo da Enron Jeffrey Skilling a 24 anos de prisão, na sequência da fraude que deu origem à maior falência da História dos Estados Unidos. Skilling era acusado de 19 crimes de fraude, conspiração, perjúrio e uso de informações privilegiadas para benefício próprio e incorria numa pena até 185 anos de prisão.

O escândalo financeiro que ditou a falência da Enron rebentou em 2001 e foi o maior caso do género alguma vez ocorrido no mundo empresarial americano. A administração terá falsificado as contas e escondido os prejuízos para inflacionar a cotação das acções. O resultado foi não só a falência do grupo energético, como também a ruína de milhares de trabalhadores, que perderam, no total, mais de mil milhões de dólares investidos em planos de pensões.

Skilling compareceu sozinho perante o tribunal, uma vez que o outro principal arguido, o ex-presidente Kenneth Lay, morreu de ataque cardíaco em Julho.