Última hora

Última hora

Morte de adolescentes recordada um ano depois

Em leitura:

Morte de adolescentes recordada um ano depois

Tamanho do texto Aa Aa

Um milhar de pessoas desfilou em silêncio, esta manhã, nas ruas de Clichy-sous-Bois, nos arredores de Paris em homenagem à memória de Zyed e Bouna. Os dois adolescentes, de 15 e 17 anos, morreram há um ano, electrocutados pelo transformador eléctrico que lhes servia de esconderijo depois de fugirem da polícia. Muhittin econtrava-se com os dois amigos e também ele se escondeu no local fatídico mas sobreviveu. No seu testemunho, afirma que nada tinham feito de mal mas que ainda assim foram perseguidos.

O drama deu origem a três semanas de confrontos entre jovens saídos de bairros sociais e as forças da ordem. 21 dias em que as imagens de carros e edifícios públicos incendiados em França correram o mundo. A marcha desta manhã insere-se num conjunto de eventos que os familiares dos dois jovens, assim como o município de Clichy-sous-Bois, pretendem que decorram num espírito de recolhimento e por isso não se cansaram de apelar à calma.