Última hora

Última hora

Autoridade islâmica morre em catástrofe aérea

Em leitura:

Autoridade islâmica morre em catástrofe aérea

Tamanho do texto Aa Aa

Um boeing 737 da companhia nigeriana ADC despenhou-se este domingo nos arredores do aeroporto da capital da Nigéria, Abuja. A aeronave transportava 104 pessoas, entre passageiros e tripulantes. O acidente deu-se logo após a descolagem. De acordo com o porta-voz da Direcção da Aviação Civil três pessoas sobreviveram à catástrofe. Este foi o quarto grande acidente aéreo na Nigéria em pouco mais de um ano.

O aparelho fazia a ligação entre Abuja e Sokoto, no norte do país. Entre as vítimas mortais conta-se a mais alta personalidade islâmica da Nigéria, Muhammadu Maccido, Sultão de Sokoto. Embora não se trate de uma personalidade religiosa o sultão é visto como o líder da comunidade muçulmana do país e cabe-lhe a ele, por exemplo, anunciar as datas do Ramadão. O seu filho, que era senador, e o vice-governador do estado de Sokoto também pereceram no acidente aéreo. O presidente Olesegun Obasanjo pediu de imediato a instauração de um inquérito aprofundado.