Última hora

Última hora

Desemprego francês cai para mínimo de cinco anos

Em leitura:

Desemprego francês cai para mínimo de cinco anos

Tamanho do texto Aa Aa

Há cinco anos que o desemprego em França não atingia um nível tão baixo. Este indicador caíu para um valor não visto desde o governo socialista de Lionel Jospin.

Os valores em queda, publicados agora pelo organismo de estatísticas referentes ao mês de Setembro, devem-se sobretudo a uma onda de criação de emprego, como explica o analista Eric Heyer: “Criámos mais emprego num só trimestre que em todo o ano 2005. É uma boa notícia, e podemos prever a criação de 200.000 novos empregos no sector privado, em 2006. É sobretudo isso que explica a queda no desemprego”.

Nos últimos doze meses, o desemprego dos jovens caíu 11,5%. Já o desemprego de longa duração caíu 10%. No que toca apenas ao mês de Setembro, a taxa de desemprego fixou-se nos 8,8%.

São números que vêm confirmar o bom momento da economia francesa. Os analistas devem manter previsões favoráveis quanto ao crescimento do PIB. O presidente Jacques Chirac fixou como objectivo, para o próximo ano, fazer a taxa de desemprego descer abaixo dos 8%, um alvo que está cada vez mais próximo, a acreditar nestes últimos valores.