Última hora

Última hora

Cerco do Tsahal a mesquita termina com duas palestinianas mortas

Em leitura:

Cerco do Tsahal a mesquita termina com duas palestinianas mortas

Tamanho do texto Aa Aa

Prossegue a operação “nuvens de Outono” do exército israelita na Faixa de Gaza, a maior acção militar desde a retirada no verão do ano passado. Esta manhã, duas palestinianas foram abatidas e outras seis ficaram feridas junto a uma mesquita em Beit Hanun. Segundo o Tsahal, o grupo de mulheres tentava proteger cerca de 60 homens armados que se refugiavam na mesquita e que acabaram por escapar-se.

Com a ofensiva o exército pretende travar os ataques com mísseis artesanais contra Israel. Durante a noite, na cidade de Gaza, um raide aéreo visou um carro que transportava membros das Brigadas Ezzedine al-Qassam. Entre os quatro palestinianos mortos está Omar Muchtaha, um responsável local do Hamas que era procurado por Israel.

Desde o início da ofensiva na quarta-feira já morreram mais de 20 palestinianos e um soldado israelita. Esta manhã em Ramallah, na Cisjordânia, o Tsahal prendeu o ministro da Habitação do governo do Hamas.