Última hora

Última hora

Refém italiano libertado no Afeganistão são e salvo

Em leitura:

Refém italiano libertado no Afeganistão são e salvo

Tamanho do texto Aa Aa

É o final feliz de um sequestro de 23 dias no Afeganistão. O fotojornalista italiano Gabriele Torsello foi libertado esta manhã pelos seus sequestradores numa estrada perto de Kandahar no sul do país. O termo de um longo trabalho de mediação a cabo de uma organização não governamental italiana no terreno, com a colaboração dos serviços secretos militares.

“Torsello contou que o mantiveram acorrentado pelos pés num quarto, mas que foi sempre bem tratado”, afirma um dos jornalistas que o entrevistou após a libertação. Desde o rapto que os sequestradores tinham multiplicado as ameaças de morte ao jornalista impondo diversos ultimatos.

Hoje a família congratulou-se com a notícia da sua libertação, após ter lançado um apelo à clemência dos raptores em várias radios islâmicas. Desde há meses que Gabriele Torsello, convertido ao Islão, realizava reportagens no Afeganistão como “free-lancer”.

Até hoje não são claras as motivações dos raptores. Pouco após o sequestro, no dia 19 de Outubro, tinham proposto trocar o fotógrafo por um muçulmano afegão convertido ao cristianismo e radicado em Itália. Nas últimas semanas o grupo exigia a retirada militar do exército italiano do Afeganistão.