Última hora

Última hora

Voto muçulmano poderá alterar equilíbrio de poderes no Congresso americano

Em leitura:

Voto muçulmano poderá alterar equilíbrio de poderes no Congresso americano

Tamanho do texto Aa Aa

Os muçulmanos norte-americanos poderão pesar nas eleições de meio mandato do próximo dia 7. Ao final de uma campanha eleitoral dominada pelos erros estratégicos de George Bush no Iraque, 7 milhões de habitantes de religião muçulmana poderão fazer pender a balança política para o campo democrata.

Nas últimas semanas várias organizações cívicas lançaram uma campanha de recenseamento eleitoral, tendo registado 30 mil novos eleitores muçulmanos. O responsável de uma organização cívica muçulmana da Virginia lembra que, “se agora como em 2004, 84% muçulmanos descerem às urnas, ou mesmo se tivessemos 60 a 70% de participação, poderíamos fazer a diferença considerando as competições cerradas que se anunciam entre os dois partidos”.

No próximo dia 7 joga-se nas urnas a continuidade da maioria republicana no Congresso. Os democratas esperam converter em mais votos o descontentamento com a guerra no Iraque e os escândalos sexuais dos republicanos. 15 lugares na câmara dos representantes e 6 no Senado vão ser decisivos para definir o cenário dos próximos dois anos de governação Bush.