Última hora

Última hora

Lakshmi Mittal assume comandos da Arcelor Mittal

Em leitura:

Lakshmi Mittal assume comandos da Arcelor Mittal

Tamanho do texto Aa Aa

Além de dono do barco, Lakshmi Mittal é agora também homem do leme no grupo Arcelor Mittal. O magnata indiano assumiu a presidência executiva do grupo, número um mundial da produção de aço, resultado da fusão entre a Mittal Steel e a Arcelor.

Mittal substitui Roland Junck, um homem vindo da Arcelor, e passa a acumular a presidência executiva com a presidência do Conselho de Administração. A mudança abala o equilíbrio de poderes dentro do grupo, mas não deixou de ser aprovada, por unanimidade, pelo Conselho de Fiscalização, que acha que o grupo fica reforçado com Mittal a assumir os comandos. A decisão vai ainda ter que receber a luz verde dos accionistas.

O processo de fusão está ainda a decorrer, mas as decisões são já tomadas a dois. Ao publicar agora os números do terceiro trimestre do ano, o grupo apresentou pela primeira vez resultados conjuntos.

A acreditar nos números, a fusão é um sucesso, com a produção a subir mais de metade, para quase 23 milhões de toneladas, a facturação também em alta e os lucros a subir em flecha, 75%, para 1,7 mil milhões de euros.

O casamento entre a Mittal, propriedade do magnata indiano, mas com sede na Holanda, e a Arcelor, grupo sediado no Luxemburgo, com accionistas de vários países europeus, foi um processo atribulado. Sobretudo, porque se tratou da união entre os dois maiores gigantes mundiais do sector, e também por causa da resistência dos principais accionistas da Arcelor.