Última hora

Última hora

Confrontos entre apoiantes do presidente e manifestantes da oposição

Em leitura:

Confrontos entre apoiantes do presidente e manifestantes da oposição

Tamanho do texto Aa Aa

Apoiantes do presidente Kurmanbek Bakiev e partidários da oposição defrontaram-se esta terça-feira em Bichkek, nas imediações da Casa Branca, a sede do governo do Quirguistão. Seis pessoas ficaram feridas nos confrontos, quatro delas com ferimentos de bala, apesar da intervenção da polícia de choque para conter as duas facções.

As forças de segurança foram mesmo forçadas a utilizar gás lacrimogéneo para dispersar os dois grupos, envolvidos nos primeiros confrontos em seis dias de contestação ao presidente. A oposição acusa mesmo o governo de preparar distúrbios para desacreditar os contestatários. Entretanto, ontem à noite, o Parlamento reuniu-se de emergência e, depois de autoproclamar-se uma assembleia constituinte, aprovou com os votos favoráveis de 38 dos 75 deputados um projecto de constituição que reduz os poderes presidenciais.

Recordando a necessidade de maioria qualificada, o presidente Kurmanbek Bakiev denunciou uma tentativa de golpe de Estado e ameaçou dissolver a assembleia caso não seja encontrada uma solução política para o impasse.

Após a Revolução da Túlipas, Kurmanbek Bakiev ascendeu ao poder em Julho do ano passado com a promessa de dotar a antiga república soviética de uma nova constituição que revisse o actual sistema de governo presidencial.

Com as reformas a tardarem e por entre acusações de corrupção, a população saiu às ruas para exigir a demissão do presidente.