Última hora

Em leitura:

Imprensa norte-americana anuncia maioria democrata no Senado


mundo

Imprensa norte-americana anuncia maioria democrata no Senado

Na Virgínia ainda se recontam os votos, mas os meios de comunicação norte-americanos anunciam já uma maioria democrata no Senado. Depois da vitória na Câmara dos Representantes, os democratas deverão assumir o controlo da câmara alta do Congresso norte-americano, o que acontece pela primeira vez desde 1994. Entre 2001 e 2003, os dois partidos partilharam a liderança do Senado.

Tudo indica que o republicano George Allen seja o grande derrotado, ao constituir o sexto senador em exercício do partido de George W. Bush a perder o cargo.

E porque há um grande derrotado, tem que haver um grande vencedor. Trata-se do democrata Jim Webb que deverá ter conquistado o Estado da Virgínia com mais sete mil votos do que Allen.

Se se confirmarem as notícias dos meios de comunicação social norte-americanos, os democratas passarão a ocupar 51 dos 100 assentos do Senado, graças também à vitória tangencial de Jon Tester no Estado do Montana.

No entanto, o republicano Conrad Burns já afirmou que não concede a derrota enquanto os votos não tiverem sido todos contados. Tal como na Virgínia, se a diferença for igual ou inferior a 0,5 por cento Burns poderá exigir a recontagem dos sufrágios.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Democratas controlam o poder legislativo nos Estados Unidos