Última hora

Última hora

Palestinianos celebram aniversário da morte de Arafat sob fundo de crise e violência

Em leitura:

Palestinianos celebram aniversário da morte de Arafat sob fundo de crise e violência

Tamanho do texto Aa Aa

Os palestinianos preparam-se para comemorar o segundo aniversário da morte de Yasser Arafat, num momento em que no território reina a violência e a crise política e económica. Vários milhares de pessoas participaram já ontem num evento organizado em Belém pelo movimento Fatah, de Mahmud Abbas, sucessor do líder histórico dos palestinianos na chefia da Autoridade Palestiniana.

Hoje, os líderes da ANP e milhares de palestinianos responderão à convocatória que marcará o ponto alto das comemorações, junto ao túmulo de Arafat, em Ramallah. Na véspera do simbólico aniversário, o primeiro-ministro palestiniano fez um anúncio que poderá representar um primeiro passo para a formação de um governo de unidade nacional entre o Hamas e o Fatah. Ismail Haniyeh disse estar disposto a demitir-se se o Ocidente levantar as sanções económicas impostas aos territórios palestinianos desde Março, quando o Hamas chegou ao poder.