Última hora

Última hora

Comunistas franceses elegem secretária geral como candidata às presidenciais de 2007

Em leitura:

Comunistas franceses elegem secretária geral como candidata às presidenciais de 2007

Tamanho do texto Aa Aa

Marie-George Buffet, a secretária geral do PCF, o Partido Comunista Francês, foi designada pelos militantes para ser a candidata anti-liberal às presidenciais de 2007. A taxa de participação foi superior a 65 por cento. Marie-George Buffet foi eleita com 96 por cento dos votos.

A secretária geral do partido venceu sem sombra de dúvidas o sufrágio interno, deixando dois rivais para trás com uma percentagem de votos que não chega aos 4 por cento. Para uma candidatura anti-liberal, é provável que também o altermundialista José Bové avance para a corrida. François Bayrou, líder do partido centrista UDF, anunciou entretanto que vai tornar pública a candidatura às presidenciais até dia 5 de Dezembro. Até agora é o único candidato declarado para as eleições de Abril do ano que vem.

Já o potencial candidato da extrema-direita, Jean-Maire Le Pen, ainda não oficializou a candidatura apesar da máquina de campanha já estar a funcionar todo o vapor. O problema é que o líder da Frente Nacional está com dificuldades em conseguir as assinaturas necessárias para poder candidatar-se. Jean-Marie Le Pen tem, segundo as sondagens, 16 por cento de intenções de voto, uma percentagem superior à de 2002 quando, inesperadamente, conseguiu concorrer na segunda volta das presidenciais.

O partido socialista vai votos na próxima quinta-feira para escolher um dos três potenciais candidatos para entrar na corrida. O partido do governo, UMP, ainda não tem candidato oficial, mas tudo aponta para o nome de Nicolas Sarcozy, o ministro do Interior.