Última hora

Última hora

Responsável por gravidez indesejada paga indemnização na Alemanha

Em leitura:

Responsável por gravidez indesejada paga indemnização na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Polémica na Alemanha por causa de uma gravidez indesejada. Um método contraceptivo não funcionou e a paciente, ao contrário de milhões de jovens a quem isso aconteceu, não prosseguiu a gravidez em silêncio nem abortou. Pelo contrário, disse-o ao mundo e processou o médico. Fez mais: pediu uma indemnização e o caso fez jurisprudência. A jovem, que na altura tinha 22 anos e hoje tem 25, vai receber 600 euros por mês até que o seu filho atinja a idade de 18 anos.

O Supremo Tribunal alemão reconheceu a validade da sentença. O método utilizado e mal aplicado pelo ginecologista, consistia na introdução de um pequeno tubo subcutâneo no braço. A jovem pensava imigrar para a Suíça, por isso nem ela nem o marido planeavam ter filhos tão cedo.

O Supremo Tribunal aplicará esta jurisprudência a todos os outros casos de faltas cometidas por médicos que dêem origem a nascimentos não desejados.