Última hora

Última hora

Teerão continua sem colaborar com a AIEA

Em leitura:

Teerão continua sem colaborar com a AIEA

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão não cede na política nuclear. Teerão prossegue com o polémico programa de enriquecimento de urânio e recusa colaborar com a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA)a. Em linhas gerais, são estas as conclusões do relatório secreto da AIEA a que as agências de notícias internacionais tiveram acesso. Dados preocupantes que surgem num dia em que Mahmud Ahmadinejad manifestou a intenção de o Irão instalar 60 mil centrifugadoras para produzir combustível para as centrais nucleares.

Na resposta Washington reafirma que Teerão quer dotar-se da bomba atómica. Segundo o relatório da Agência Internacional de Energia Atómica, o Irão já produziu uma pequena quantidade de combustível a um nível inferior a 5%, o necessário para as centrais civis. Para uso militar a pureza do urânio enriquecido tem de ser superior a 90%. Os especialistas afirmam que dentro de 3 a 10 anos o Irão pode estar em condições de produzir a bomba atómica.