Última hora

Última hora

US Airways quer comprar Delta

Em leitura:

US Airways quer comprar Delta

Tamanho do texto Aa Aa

A transportadora aérea norte-americana US Airways aceitou a compra da compatriota Delta Airlines, actualmente sob protecção da lei de falências. A US Airways vai pagar 8 mil milhões de dólares, o equivalente a 6,2 mil milhões de euros, em dinheiro e acções, aos credores da Delta. O negócio só se torna efectivo quando a companhia saír da bancarrota.

Os administradores da Delta estão contra o negócio, mas dada a situação da empresa vai ser difícil fazer face. A US Airways negociou directamente com os credores. Os números da Delta são superiores à da US Airways, quer em número de destinos, quer no tamanho do quadro de pessoal, quer na facturação, que foi em 2005 o quádruplo da feita pela concorrente. No entanto, a situação frágil em que está mergulhada a Delta permite o negócio.

O preço proposto pela US Airways representa um prémio de um quarto em relação ao actual valor de mercado da Delta. Esta é mais uma manobra de Doug Parker, o homem que salvou a US airways da falência. A companhia estava na bancarrota quando foi comprada pela concorrente America West.

Parker quer fazer o mesmo com a Delta. Renovar a companhia e torná-la viável. Se for avante, o negócio deve implicar a perda de vários milhares de postos de trabalho. Uma fusão entre as duas companhias deve gerar sinergias de cerca de 1,3 mil milhões de euros anuais.