Última hora

Última hora

APEC quer relançar ronda de Doha

Em leitura:

APEC quer relançar ronda de Doha

Tamanho do texto Aa Aa

O relançamento da ronda de Doha está na ordem do dia na 14ª cimeira do Fórum da Cooperação Económica Ásia-Pacífico.
Reunidos em Hanói, os líderes dos 21 países que compõem a APEC estão dispostos a reduzir as ajudas ao sector agrícola para relançar a discussão sobre a liberalização do comércio mundial.
O debate está paralisado desde Julho devido às divergências que opõem os países desenvolvidos às economias emergentes em termos de subvenções agrícolas, taxas aduaneiras e abertura dos mercados de serviços.

À margem desta discussão, o presidente norte-americano George W. Bush procura sintonia nas reacções ao programa nuclear norte-coreano.

Num encontro bilateral, Bush tentou convencer o presidente sul-coreano da necessidade de inspecções a navios suspeitos para evitar a proliferação nuclear.

Seul teme uma escalada da tensão e limita-se a preconizar uma aproximação coordenada para que seja retomadas as conversações a seis com Pyongyang.

Igual opinião tem Shinzo Abe, o primeiro-ministro do Japão, que considera necessário manter o diálogo e a pressão sobre a Coreia do Norte.

A este respeito, Bush vai amanhã encontrar-se com os presidentes russo Vladimir Putin e chinês Hu Jintao.

Mas tanto Moscovo, como Pequim, consideram que é preciso agir com prudência, pois excessiva pressão sobre a Coreia do Norte e o Irão iriam aumentar significativamente a ameaça da proliferação nuclear.

O retomar das conversações a seis não tem ainda data marcada, mas responsáveis russos sugerem que ocorram em meados de Dezembro.