Última hora

Última hora

Nasrallah quer derrubar o governo através de protestos pacíficos

Em leitura:

Nasrallah quer derrubar o governo através de protestos pacíficos

Tamanho do texto Aa Aa

O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, apelou os seguidores do movimento a prepararem-se para manifestações pacíficas que levem à queda do governo libanês, que acusa de ser orquestrado pelo embaixador norte-americano Jeffrey Feltman. Nasrallah quer ver a oposição pró-síria adquirir pelo menos uma minoria de bloqueio no interior do executivo e apresenta como únicas opções a formação de um governo de unidade nacional ou a realização de eleições antecipadas.

O líder druso Walid Jumblatt acusa o Hezbollah de recusar a instauração de um tribunal das Nações Unidas para julgar o caso Hariri e considera que o movimento xiita será responsável por quaisquer confrontos que ocorram durante eventuais protestos.

Após a demissão de seis ministro pró-sírios, a crise governativa no Líbano agravou-se quando o executivo de Fuad Siniora aceitou a criação do tribunal da ONU para julgar o atentado contra Rafic Hariri, no qual são visados dirigentes sírios e libaneses afectos a Damasco.