Última hora

Última hora

Cristãos-democratas favoritos nas legislativas holandesas

Em leitura:

Cristãos-democratas favoritos nas legislativas holandesas

Tamanho do texto Aa Aa

Doze milhões de holandeses votam amanhã em legislativas antecipada. O elevado número de eleitores indecisos, da ordem dos 40%, deixa todas as possibilidades em aberto. As últimas sondagens favorecem no entanto o primeiro-ministro cessante, Jan Peter Balkenende. As previsões conferem 41 dos 150 assentos do Parlamento aos cristão-democratas. O CDA de Balkenende, deverá assim manter-se à frente de uma nova coligação governamental, à semelhança do que aconteceu nos três executivos dos últimos quatro anos.

A breve campanha eleitoral foi dominada pelo confronto entre Balkenende e o trabalhista Wouter Bos. Mas o líder do PvdA parece não ter conseguido aproveitar as fraquezas que conduziram às eleições antecipadas. As sondagens atribuem aos trabalhistas 36 assentos parlamentares.

Bos encontrou-se ontem com o líder dos socialistas, que ameaçam tornar-se na terceira força política do país, e a dirigente dos Verdes. O VVD do liberal de direita Mark Rutte e da controversa ministra da Imigração Rita Verdonk, parceiro de coligação do governo cessante, poderá sofrer um rude golpe neste escrutínio, perdendo seis deputados.

Na corrida eleitoral está também o polémico Geert Wilders e o seu Partido Para a Liberdade, formação de extrema-direita, defensora de uma política de imigração extremamente restrictiva.

Apesar do intenso debate público sobre o tema, a imigração foi relegada para segundo plano durante a campanha eleitoral a favor de temas como a economia.