Última hora

Última hora

França quer presidente do Ruanda no TPI

Em leitura:

França quer presidente do Ruanda no TPI

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça francesa recomendou que o presidente ruandês compareça perante o Tribunal Penal Internacional para responder pela suposta participação no atentado de 1994 contra o seu predecessor, que desencadeou o genocídio no Ruanda. Foram também emitidos mandados de prisão contra nove pessoas próximas de Paul Kagame, entre as quais o chefe do Estado Maior, James Kabarebe. A França investiga desde 98 a morte do antigo presidente ruandês, Juvenal Habyarimana, e do homólogo do Burundi, a 6 de Abril de 94, quando o avião em que seguiam – de tripulação francesa – foi derrubado por mísseis.

Este atentado foi o elemento desencadeador do genocídio contra a minoria tutsi e os hutus moderados. Em cerca de 100 dias, foram massacrados 800 mil ruandeses.