Última hora

Última hora

Airbus apresenta previsões para próximos 20 anos

Em leitura:

Airbus apresenta previsões para próximos 20 anos

Tamanho do texto Aa Aa

No dia em que o gigante Airbus A380 aterrou pela primeira vez em solo chinês, no aeroporto de Cantão, a construtora aeronáutica europeia aprsentou um conjunto de previsões para o sector, para os próximos 20 anos. Segundo a Airbus, até 2025 devem ser vendidos 22.700 aviões, de um valor a rondar os dois biliões de euros, isto graças aos países emergentes e também às companhias de baixas tarifas.

Os aviões de pequeno porte, com um só corredor, devem representar quase três quartos deste mercado, com 15.300 aviões, que representam 845 mil milhões de euros. Os aviões de médio porte, com dois corredores, devem vender-se a 5.300 unidades, enquanto os super-jumbos, representados pelo A380 e pela nova versão do Boeing 747, devem vender mais de 1600 exemplares, por um valor de 390 mil milhões.

As previsões foram feitas pela Airbus, mas abrangem todas as construtoras mundiais. O número de aviões em circulação deve assim duplicar, à medida que as pessoas utilizam cada vez mais o transporte aéreo. A globalização está também a fazer com que as viagens entre continentes sejam mais comuns. Nos próximos vinte anos, este tipo de viagem deve aumentar 60%. Mais de metade da procura de aviões de grande porte deve vir da região Ásia-Pacífico.