Última hora

Última hora

Discursos anti-imigração dão destaque às formações radicais

Em leitura:

Discursos anti-imigração dão destaque às formações radicais

Tamanho do texto Aa Aa

Foi a exploração do tema da imigração que deu aos partidos radicais holandeses uma ascensão significativa nestas legislativas. Em contrapartida as principais facções, os vencedores democratas-cristãos e os trabalhistas, optaram por dar maior relevância nos respectivos programas a outras questões. A formação populista de Gert Wilders insurgiu-se contra a “islamização” do país, defendendo a proibição da construção de mesquitas e escolas islâmicas numa Holanda que abriga um milhão de muçulmanos.

O partido de extrema-esquerda, SP, registou um apoio espectacular, conseguindo 26 assentos contra os 9 que assegurava no parlamento cessante. Antieuropeu, fez campanha pela manutenção da identidade do país, contra as reformas económicas mas também contra os trabalhistas que acusou de aproximação ao liberalismo.