Última hora

Última hora

Pierre Gemayel vai hoje a enterrar

Em leitura:

Pierre Gemayel vai hoje a enterrar

Tamanho do texto Aa Aa

Partidos políticos e associações exortaram os libaneses a participarem em massa nas exéquias de Pierre Gemayel, o ministro da Indústria que vai hoje a enterrar, em Beirute. Ontem à noite nas ruas da capital libanesa um mar de gente prestou homenagem com orações e cânticos à memória do mais jovem membro do governo assassinado terça-feira.
A multidão concentrou-se nas imediações da catedral, nomeadamente na Praça dos Mártires, simbolicamente rebaptizada Praça da Liberdade em 14 de Março de 2005, durante a imensa concentração que acompanhou o funeral de Rafic
Hariri, assinado um mês antes.

São aguardadas centenas de milhares de pessoas, segundo as televisões libanesas. O exército libanês reforçou desde terça-feira a sua presença, estabelecendo pontos de controlo em vários locais da capital com particular atenção nos bairros cristão onde se receiam novos atentados. Barreiras do exército foram também instaladas no perímetro do palácio do Presidente de Baabda, arredores leste de Beirute, onde reside o chefe de Estado Emile Lahoud, próximo de Damasco, por diversas vezes exortado a demitir-se por responsáveis da maioria anti-síria, após o
assassínio de Pierre Gemayel.