Última hora

Última hora

Forças de segurança palestinianas asseguram respeito por cessar-fogo na Faixa de Gaza

Em leitura:

Forças de segurança palestinianas asseguram respeito por cessar-fogo na Faixa de Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

As forças de segurança palestinianas estão estacionadas no norte Faixa de Gaza, junto à fronteira com Israel, para assegurar que o cessar-fogo é respeitado. Desde entrada em vigor do cessar-fogo, às seis da manhã locais, quatro da madrugada em Lisboa, já houve registo de pelo menos mais dois rockets lançados a partir da Faixa de Gaza. A operação foi reivindicada pelo braço armado da Jiad Islâmica.

Entretanto, uma outra facção, “os batalhões de Abu Rish, dissidente do Fatah, negaram concordar com o cessar-fogo, isto apesar do chefe de governo palestiniano ter garantido que o compromisso foi conseguido entre todas as facções.

No caso do projéctil palestiniano que chegou à cidade israelita de Sderot, não houve vítimas, a família da casa bombardeada tinha-se refugiado depois de ter soado o alarme de ataque.

O chefe de governo Ismail Haniyeh garante o empenhamento dos palestinianos no cessar-fogo e em todo o processo de paz.

O homólogo israelita mostra-se optimista. Ehud Olmert considera que o cessar-fogo pode ser o princípio de negociações sérias com a Autoridade Palestiniana e com o Presidente Mahmoud Abbas no sentido de chegaram de uma vez por todas a acordo com os palestinianos.

Por isso, o chefe de governo israelita desvalorizou os casos isolados de lançamento de rockets, que não chegaram a fazer vítimas, e que vai mesmo esperar alguns dias para verificar se o cessar-fogo é respeitado na generalidade.

As tropas israelitas anunciaram entretanto a retirada do norte da Faixa de Gaza.