Última hora

Última hora

Angola entra para a OPEP em Março

Em leitura:

Angola entra para a OPEP em Março

Tamanho do texto Aa Aa

Angola vai ser o próximo país membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP). O governo de Luanda aprovou a entrada do país para o cartel. O crescimento económico do país, gerado pelo período de paz que se vive depois de 27 anos de guerra civil, reflecte-se também no aumento da produção daquele que é já o segundo maior exportador de petróleo da África Austral, depois da Nigéria.

Angola deve passar a membro de pleno direito da OPEP em Março do próximo ano, mas a data está ainda por definir. O executivo angolano aprovou também uma série de incentivos fiscais às empresas que façam contratos com a Sonangol, petrolífera estatal angolana.

Angola ocupa o quarto lugar na lista dos maiores produtores do continente africano, depois da Líbia, da Nigéria e da Argélia. As reservas atingem os seis mil milhões de barris. A produção é actualmente de 1,4 milhões de barris por dia. Graças ao investimento estrangeiro, este número deve subir, no próximo ano, para os dois milhões. O petróleo é a base da economia de Angola e representou, no ano passado, 90% das exportações, metade do Produto Interno Bruto (PIB)e quatro quintos das receitas fiscais.

Angola não deve entrar sozinha na OPEP. O Sudão, outro importante exportador de petróleo da mesma região, pediu igualmente para se juntar ao cartel. O Equador, que já fez parte da organização no principio dos anos noventa, deve também voltar a fazer parte da OPEP, depois das recentes mudanças políticas no país.